terça-feira, 30 de janeiro de 2018

SATURNO EM TRÂNSITO PELA CASA 1




Este pode ser um momento bastante pesado ou sombrio na sua vida. É provável que você esteja mais sério, introspetivo e preocupado. Também tende a ser bastante crítico de si mesmo e dos seus esforços passados, talvez mais do que necessita sê-lo. Um sentido aumentado da responsabilidade pessoal, maturidade, dedicação, realismo e a eliminação dos aspetos frívolos ou imaturos da sua vida e personalidade, estão na sua agenda. Este é um momento para começar a redefinir o seu eu e reconhecer tanto as suas limitações como as suas verdadeiras capacidades.
Sabemos que estamos sós, mas tiramos partido disso em todos os campos. Revalorizamos o nosso potencial. O nosso realismo permite-nos superar as ilusões que nos limitavam e definir com precisão o melhor método para alcançar os nossos objetivos. Deveremos dar provas, por isso, vontade, paciência e trabalho.
Em termos de saúde, é o momento de nos ocuparmos do nosso corpo, eventualmente de seguir um regime, submetermo-nos a um exame médico geral e talvez um pouco de desporto.

EM ASPETO DISSONANTE:

Sentimo-nos sem energia. esmagados pelo peso das obrigações, prejudicados pelas responsabilidades. Aceitemos o preço da perda das nossas ilusões; saibamos confiar na realidade (note-se que os signos de fogo se encontram particularmente fatigados neste período, assim como deprimidos diante das exigências da vida).

NOTA - Há algum tempo publiquei um texto de Saturno em Trânsito em Conjunção com o Ascendente. Será um complemento a este texto pois quando Saturno faz conjunção ao nosso ASC sentimos mais o seu efeito. Geralmente uso orbes apertadas mas será mais sentido na conjunção ao ASC 5º antes e 5º depois. Fica o link http://dialogosastrais.blogspot.pt/2013/01/saturno-em-transito-em-conjuncao-com-o.html


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

MARTE NATAL NA CASA 1


De acordo com o mito, Áries (Marte) emergiu plenamente adulto do corpo da ultrajada Hera.
Da mesma maneira, os que têm Marte neste posicionamento podem encontrar-se com a sua raiva, a sua fúria ou as suas ações antes que eles possam fazer qualquer coisa para detê-las.
No pior dos casos, podem ser pessoas impacientes que se enfurecem com o mais leve obstáculo que lhes bloqueia o caminho, e que exibem uma necessidade constante de demonstrar o seu poder.
São muito positivos, seguros, combativos  e muito ativos. Têm muita força física e uma grande energia dinâmica que os  impulsionará a fazer muitas coisas. Deverão aprender a controlar a impaciência, a agressividade e a dirigir estas energias de uma maneira construtiva. Devido ao seu grande entusiasmo, tenderão a impor-se e a dominar o resto, tornando-se líderes de grupo. Serão práticos e terão também coragem para enfrentar novos projetos. Muitas vezes serão os  primeiros em conseguir uma tarefa. Um dos problemas que deverão enfrentar e controlar é a sua extrema inquietude e impulsividade que os levará a não suportarem por muito tempo um mesmo assunto.
Sentem-se atraídos pelas situações arriscadas e isto fá-los propensos a quedas, golpes ou queimaduras.
Estas pessoas em vez de converter o seu corpo num campo de batalha, ou de descarregar a sua agressão no primeiro que se acerque, obterão benefícios com a prática de algum tipo de exercício físico regular ou de algum desporto competitivo. Também são recomendáveis disciplinas como o tai-chi e o yoga, o karaté e as diversas terapias corporais que permitem uma descarga catártica da tensão e da cólera e trabalham com ela de forma criativa.
No melhor dos casos, estas pessoas são seres autênticos, espontâneos e estimulantes. Sem dar a impressão de ser demasiado ásperos ou rudes, podem ser sinceros e independentes, já que estão dotados da coragem necessária para respeitar as suas próprias prioridades, em vez de aceitarem o papel que alguém lhes queira impor.
Eles são feitos para lidar com a vida. Em vez de esperar que algo aconteça, as pessoas que têm este posicionamento darão o primeiro passo.
Enérgicos, mal-humorados e por vezes impacientes, levarão para diante os seus planos apesar das reservas dos outros. Na realidade, se sentem que outras pessoas dificultam o seu caminho  preferem trabalhar por sua conta. São ativos, seguros e bastante competitivos também.
Marte na Casa 1 é mais notável num Signo de fogo, mas mesmo quando está posicionado num de água, como Câncer ou Peixes, estas pessoas farão sentir fortemente a sua presença, quer decidam falar ou não. Se os que têm Marte nesta Casa parecem tímidos e retraídos, é porque no Mapa há outros aspetos que incidem sobre a sua expressão e que é necessário examinar.
Em alguns casos pode ser necessário lembrar-lhes que é legítimo que alguém pergunte o que querem na vida, em vez de manipularem encobertamente outras pessoas com a esperança de obtê-lo.
A necessidade de serem donos do seu próprio destino tende a ser forte nestas pessoas, que lutam contra todos os inconvenientes para satisfazer os seus desejos.
O duque de Windsor, que abdicou da coroa para se casar com a mulher que escolheu, nasceu com Marte em Áries na Casa 1. Ernest Hemingway, obcecado com a ideia de demonstrar ao mundo que era o epitome  de um "homem de verdade", tinha Marte em Virgem na Casa 1. Outro bom exemplo deste posicionamento é o existencialista francês Jean-Paul Sartre, nascido com Marte em Escorpião na Casa 1, que baseou toda a sua visão do mundo (Casa1) na premissa de que somos totalmente responsáveis da nossa própria vida, e não só das nossas ações, mas também das nossas omissões. Para ele, só o indivíduo era o criador e nada no mundo tinha sentido exceto nos termos em que cada um o constituía.
É frequente que Marte posicionado nesta Casa, requeira desde muito cedo na vida, um grau considerável de energia, força, espírito de luta e independência.


Mapa Natal de Ernest Hemingway




terça-feira, 19 de dezembro de 2017

BOAS FESTAS



Desejo  Boas Festas a todos os que passam por este espaço, aos meus amigos e seguidores. Que o próximo ano 2018 nos traga muita Paz, Amor, Trabalho e Saúde.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...